Confira nos vídeos abaixo o processo de produção, do plantio das mudas ao produto final.

Reflorestamento

A primeira etapa do processo de produção ocorre nas áreas de reflorestamento, especialmente planejadas e organizadas para que o processo de produção não interfira no meio ambiente. A empresa investe altamente na produção de matéria-prima renovável, além da preservação das áreas de floresta nativa da região, como esta floresta de araucárias, que se encontra junto à área reflorestada.

Laminação

Após a coleta das toras em áreas reflorestadas, estas são transportadas para o segundo segmento do processo, denominado laminação. Na chegada à Unidade de Laminação, as toras são cozidas e após o cozimento são encaminhadas aos tornos, onde são transformadas em lâminas que serão utilizadas no processo de produção.

Secador

As lâminas produzidas nos tornos seguem para o setor denominado secador, onde são aquecidas com o vapor produzido nas caldeiras. Nesta etapa ocorre a retirada de toda a água acumulada nas lâminas, o que é imprescindível para que a colagem seja eficiente.

Montagem

Quando as lâminas encontram-se secas, recebem a aplicação de uma camada de resina fenólica (cola) e são sobrepostas de acordo com o tipo de placa a ser produzida, para então serem introduzidas na prensa.

Prensa

É neste segmento do processo que se concretiza a colagem. O sanduíche formado pelas lâminas é inserido na prensa e apertado a uma temperatura de 120 graus. O aquecimento da prensa é feito pelo vapor produzido na caldeira. A prensa é aquecida, pois a resina fenólica (cola) só começa a reagir acima da temperatura de 80 graus.

Correção da Superfície

Placagem

Utilizando o processo de prensagem a quente, aplica-se o tegofilme à superficie das placas.

Esquadrejamento

É no setor de esquadrejamento que as lâminas, após serem prensadas e tornarem-se placas, passarão pela serra, onde serão cortadas nas medidas padrão, de acordo com a necessidade do cliente.

Acabamento

Após o corte, ocorre a classificação peça por peça, para que peças com defeito de fabricação sejam excluídas. Feito isto, o produto recebe o acabamento, que consiste em vedar todos os orifícios por onde possa infiltrar umidade. O próximo processo é o enfardamento. Após o enfardamento, o produto seguirá para o estoque, encontrando-se pronto para ser entregue ao cliente em qualquer parte do Brasil ou exterior.